sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

A moda do "faça você mesmo" nos shows

Há exatamente um mês, dia 10/11, realizou-se no Clube Inferno na Rua Augusta em São Paulo show do Recoil. Não conhece? Trata-se de um projeto musical nascido em 1986 pelas mãos de Alan Wilder, que é ex-integrante do grupo Depeche Mode.


Na época o Depeche Mode estava gravando seu quinto disco, o “Black Celebration”, enquanto Alan Wilder iniciava paralelamente seu projeto que perdura até hoje (e que por sinal é sensacional), enfim poderia até ser mais um show que acontece em um país que está gradualmente atraindo mais atrações internacionais. O que soa diferente no que diz respeito ao Recoil foi como São Paulo entrou nessa turnê: iniciativa dos fãs.

Imagine você, se articulando com vários amigos com um gosto musical em comum, para trazer uma banda ou artista que dificilmente se apresentaria no Brasil, se dependesse da boa vontade das organizadoras de eventos, em uma espécie de viral agressivo? A idéia é mais ou menos essa, mas não é algo inédito no Brasil. Esse ano, também uma campanha bem articulada de fãs conseguiu trazer a banda indie Belle & Sebastian para apresentações no Rio de Janeiro.


Agora voltando ao Recoil, o lançamento mais recente  foi o álbum “Selected”, de abril de 2010. “Selected” é uma compilação que reúne as favoritas de seu próprio criador, após terem passado pelo processo de remasterização e também de edição. A turnê “Selected Events 2010″ será baseada neste material. No palco, Alan Wilder contou com a presença do engenheiro de som Paul Kendall, com quem trabalha desde a produção e mixagem do álbum “Unsound Methods”.



Bem que essa moda do "pague o cachê você mesmo e traga seu artista favorito" poderia pegar aqui, não é verdade? Se tiver alguém querendo fazer uma vaquinha pra trazer o Radiohead ou o Depeche Mode pra cá, tô colado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário