segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Guerras cibernéticas



Eu li uma matéria sobre um novo vírus de computador que está na praça, seu nome é STUXNET. Esse vírus não é apenas um mero vírus, sua função não é atacar os computadores domésticos e sim computadores de indústrias de todos os ramos até as bélicas, empresas, hidrelétricas, usinas nucleares, exército, bancos e assim vai,e tem mais uma coisa nesse vírus que se distingue dos vírus convencionais, ele pode ser controlado a distância.Vou exemplificar, se esse vírus entrar no comando numa área bélica, alguém localizado em qualquer lugar do mundo pode dar o comando para o lançamento dos misseis.
O que me deixou mais assustado é que esse vírus foi encontrado nos sistemas das indústrias nucleares do Irã, imagine a situação? há indícios que esse vírus não foi criado apenas por uma pessoa e sim por uma equipe que sabe o que estavam fazendo, porque ele (o vírus) se mostra muito complexo. O vírus já foi detectado em milhões de computadores chineses, milhares de computadores na Índia, Indonésia, Estados Unidos, Austrália, Inglaterra e Paquistão. Números não oficiais também apontam para infecções na Alemanha e outros países na Europa.

OBS: A índia e o Paquistão possuem armas nucleares e os mesmos não se dão muito bem, bombas de ambos os países estão apontadas para o território um do outro, seria um efeito dominó para uma guerra nuclear, porque a Índia possuem aliados que são contra o Paquistão e este vice-versa.

Acreditam que esse vírus foi criado por algum governo, alguns especulam que o grupo de crackers seja composto ou financiado por israelenses, mas estas denúncias ainda são apenas especulações.

Para saber mais a respeito tem essa matéria do baixaki que está mais completa clique aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário